16/04/2019

Compartilhe:

Páscoa para quê?

A Semana Santa em nosso país, o segundo com maior população cristã no mundo, atrás apenas dos EUA, deveria servir para muita reflexão a todos nós. Afinal, onde queremos chegar, se os tão falados preceitos cristãos parecem cada vez mais uma figura retórica do que propriamente uma prática cotidiana que venha a mudar o nosso dia a dia.
Onde estarão os preceitos da fraternidade, da tolerância? Para onde irá o “Amar ao próximo como a ti mesmo”, tão presente nas escrituras? Será que vamos aprofundar em 2019 o mesmo tom do ano que passou, onde o ódio, a intolerância, o culto da violência predominaram? Se sim, para que servirá a Semana Santa, o Domingo de Páscoa?
Penso que já passou da hora de colocarmos o bem comum como prioridade nas nossas vidas, nas nossas discussões em família, ou mesmo nas orações. Isto não significa que tenhamos que comungar dos mesmos pensamentos. Muito pelo contrário. Significa que precisamos respeitar a diversidade, as divergências de opiniões e extrair delas um denominador comum que venha a representar um avanço para toda a sociedade. Era isto o que pregava Jesus.

Precisamos colocar a teoria na prática para o país voltar a se desenvolver, promovendo a igualdade social, investindo em educação e saúde, lutando pela efetivação de direitos e não pela sua retirada, garantindo emprego e renda aos mais de 13 milhões de cidadãos que buscam uma ocupação. Precisamos lutar pela ressurreição do nosso país, pois tenho a certeza que esta a luta de Jesus Cristo se aqui conosco estivesse.

Facebook

Instagram @lucianobandeiraoab

Newsletter