13/03/2019

Compartilhe:

Imprensa livre

O artigo desta semana, em um jornal que atravessa três séculos, não poderia ser outro que não a liberdade de imprensa. Para isso, cerro fileiras com a OAB Nacional, presidida por Felipe Santa Cruz, que juntamente com a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo emitiu nota de repúdio ao ataque feito por Jair Bolsonaro à imprensa do nosso país.
 
Valendo-se das tão faladas fakenews, o que já se mostra bastante grave, o presidente adotou atitude incompatível com seu discurso em defesa da liberdade de expressão ao mobilizar a sociedade para agredir jornalistas e veículos, abalando um dos pilares da democracia, que é uma imprensa livre. Abaixo, reproduzo parte da nota da OAB/Abraji.
“A onda de ataques começou antes da manifestação do presidente. Grupos que apoiam Bolsonaro difundiram e amplificaram nas redes sociais declarações distorcidas da repórter Constança Rezende, de O Estado de S.Paulo, para alimentar a narrativa governista de que a imprensa mente quando se refere às investigações sobre as movimentações financeiras atípicas de Fabrício Queiroz, ex-motorista do senador Flávio Bolsonaro. Como é comum nesse tipo de ataque, a família de Constança também virou alvo. O grave nesse episódio é que o próprio presidente instigou esse comportamento, ao citar como indício de suposta conspiração que Constança é filha de um jornalista de O Globo."
 
A Abraji e a OAB se unem neste momento no repúdio a qualquer tentativa de intimidação de jornalistas. Profissionais atacados por fazer seu trabalho terão sempre nosso apoio”.

Facebook

Instagram @lucianobandeiraoab

Newsletter